Por bem ou por mal

10:16


Olhar para dentro me trazia ânsia de vômito. Toda essa mistura, essa bagunça dentro de mim. Tudo embolado, doido, confuso. Era como nos dias de uma ressaca fodida daquelas: eu sabia que se vomitasse ficaria melhor, mas não queria sentir o vômito. Então não vomitava e ficava sofrendo na maldita ressaca, e assim todas as ressacas foram seguindo. Pelo menos até onde meu corpo aguentava, quando não decidia expulsar grosseiramente o que tinha aqui dentro. Por bem ou por mal. Eu vomitava, a garganta queimava, sentia meus órgãos esmagados, falecendo aos poucos, aquela sensação asquerosa. Me dava arrepios, meus olhos lacrimejavam. E eu me jogava ali no chão do banheiro, ou de onde quer que estivesse. Por bem ou por mal eu vomitei aquilo que me doía. E eu criei aquilo que me fazia mal. Ingeria, ingeria, ingeria. Me aprofundei nessa sensação dos diabos. Vomitei por mal e parece que tudo seria mais tranquilo, ou pouco menos conturbado, se eu vomitasse por bem.

Embriagando-me mais uma vez de tudo que acho que nada sei. 
Tanto faz.

You Might Also Like

3 Comentários

  1. Você escreve muito bem. Adorei imensamente o seu post.
    Jéssica do blog donaurbana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amei o post parabéns

    http://refletindomake.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

FALA MEMO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Escrevo aqui também

Subscribe