Next
Previous

23/07/2014

0

NOIA + Berg + Us Street Clothing

Posted in , , ,
Pintura feita, juntamente com o grafiteiro Berg, para filmagem da nova coleção da marca de streetwear, Us Street; na rampa de BMX da Praça Vinicius de Moraes - Morumbi / São Paulo. Confira a coleção pesadíssima no site.

Estou na Noia | Berg | Us Street
Estou na Noia | Berg | Us Street
Estou na Noia | Berg | Us Street
Estou na Noia | Berg | Us Street


Estou na Noia | Berg | Us Street

NOIA - 2014
| Us Street Clothing | Usda Leste Filmes | EHNOIXQAVOABRUXÃO CAPS |

21/07/2014

0

Gente das Ruas: No Ponto de Ônibus

Posted in ,

No ponto de ônibus:
Perguntei a um rapaz se ali passava o ônibus que precisava pegar. Ele me confirma. Compro um guaraná e volto. Já era noite, tarde. E ele do meu lado, comenta:

- É, tá demorando...
- Sim, e tá bem cheio aqui. - respondi.
- Eu tô cansado. Hoje eu bebi, mas eu não costumo beber.
- Também tô. Mas eu não bebo.
- Mas hoje eu bebi porque fiquei muito feliz.
- Ah, mas então é válido!
- Sim, eu fiquei muito feliz mesmo.

Ao repetir isso eu fiquei observando ele falar. Mas ele não me olhava. Olhava reto, em direção ao tudo, olhando o nada. Eu o olhava nos olhos. Aquela expressão de "os olhos brilharem" me foi real. Os dele brilhavam, e ele estava longe de demonstrar uma reação causada pelo álcool. Era ele ali, apenas.

Ele contou da festa em que tinha ido, eu contei da minha. E mais uma vez falou que estava muito feliz.

Pegamos o mesmo ônibus. Lotado, por sinal. Fomos em pé, um ao lado do outro. Continuamos a conversa... e como de costume, eu mais escutava. Ele, mais uma vez, comentou da sua felicidade. Eu não me incomodei por ter sido repetitivo. As pessoas no ônibus ouviam e nos olhavam sem parar. Ele ainda não me olhava, ele olhava o momento que o fez tão feliz. Continuou:

- Hoje eu vi minha sobrinha. Faziam seis meses que não a via. Ela me traz um sentimento bom, sabe? Me dá uma felicidade. Ai quando ela me viu, ela veio correndo e falando "titio!". Eu a abracei, e sabe, umas lágrimas desceram. Eu não sei. Eu não sei porque, mas ela me traz um sentimento bom.

A conversa continuou sobre sua sobrinha, de uns seis/oito anos de idade (não me recordo agora), sobre sua irmã que brigava quando ele chegava tarde... e meu ponto chegou. Me despedi e desci.
Andei até minha casa pensando na conversa. Até que ao chegar em casa, me vejo do mesmo modo que ele ao contar sobre este ocorrido à alguém que me traz um sentimento bom, sabe?!
Ele sabia.

E os sentimentos continuam por ai... Vivos nas pessoas que só precisam de uma conversa para demonstrar, em um ponto de ônibus.

Foto: Berg.

* Gente das Ruas é a nova categoria/projeto onde são escritas histórias, conversas, brisas. Pessoas desconhecidas, estranhas, conhecidas... Pessoas na rua, da rua. Que percorrem, correm e vivem nela. Coleciono histórias, tenho sede por elas. Agora elas estarão aqui, por mim, por elas, por você. Histórias para a vida valer a pena. Né?
|

05/07/2014

0

Baro - HOWGOODISGOOD?

Posted in , , ,

Rap Estou na Noia Baro australian hip hop rapper

Dope australian Hip-Hop! Baro é um rapper australiano de 17 anos, mais precisamente de Melbourne. Em seu som, mescla diversos gêneros como: jazz, lengue rap, neo-soul, funk etc para sua base maior, hip-hop. E uma base pesada, diga-se de passagem! Com influência em ninguém mais, ninguém menos que Mos Def e A Trible Called - vai vendo- ainda vale dizer que MF Doom também, tá explicado. Flow monstro, beat suavemente sinistro e domínio nas rimas, é o que traz sua mixtape HOWGOODISGOOD?, disponível para download no BandCamp. Aperta o play e POW! 


Mais: Soundcloud | Youtube | Facebook



04/07/2014

0

meio amargo, meio azedo. você

Posted in
mentiras, enganações, desilusões amargas
na calada da madrugada que não é tão calada. 
se prende em suas próprias ilusões e maus testemunhos 
acredita na própria farsa, que reais, apenas no seu mundo.
e eu que nunca quis sentir o que era o amor
eu que sempre senti na veia o ódio, a magoa, o rancor.
por favor, doutor... me afogo nas lamentações de sentir 
essa porra que com o ferro fere, com o ferro nunca irá ferir.
minha respiração afobada é fruto da minha raiva
que a cada dia aumenta a estatística dessa minha mente deturpada.

Dose de brisa.
03:43 

10/06/2014

2

Noia - Super Quadra

Posted in ,

graffiti sp estou na noia

Graffiti pronto; frase pronta; assinatura ok! O caos possui uma beleza que POUCOS podem sentir. A maioria está regrada ao MEDO do incomum! O medo do incomum, do nome ' Estou Na Nóia' exposto, liberto... O medo de ser contra as regras fizeram tal pessoa X apagar a minha frase e assinatura. O medo de se libertar, como está escrito no trabalho do RHT, é o mesmo mesmo medo que impede a libertação de ajoelhar para regras, tabus e padrões. O medo de estar na nóia! (Agora com a assinatura ao contrário, pra confundir mais ainda a mente dos medrosos!) 

Juntamente com o maior mestre do graffiti, Berg! 

NOIA - 2014/ Super Quadra - SP