Concepção do amor - Fotografias

17:11


Eu gosto mesmo é de demonstrações simples. Aquelas que são feitas sem perceber, sem esforço, sem datas comemorativas. Sem obrigações, sem pressões, sendo só sentimento mesmo. E esse sentimento não me cabe por inteiro, divido o pouquinho que tenho. Gosto do bom e velho dialogo maroto. Gosto de histórias, olhares e toques. Gosto de risadas bonitas e engraçadas, gosto de lágrimas sinceras que não se envergonham. 

Demonstração de sentimento, meu caro. Mas assim, de você pra mim e de mim pra você. Nada de ter que provar nada à ninguém. Bom mesmo é a gente se provar e poder sentir que aquele alguém tá ali porque quer, porque se sente bem. Isso é sentir algo de verdade. 

Demonstração, porque um eu te amo não é o bastante. Na verdade não é nada. O importante é mostrar a parte bela da vida, é querer ter alguma participação por trás de um sorriso sincero. E que gargalhada gostosa! 

Demonstração, meu amigo, é emprestar teu agasalho numa friaca, é cuidar, é sentir. Palavras são palavras. Não menos importante, mas não tão importante. Demonstrar! Amar! E quando você querer alguém bem, estará em qualquer lugar com essa pessoa, e esse lugar será uma das sete maravilhas do mundo - que na verdade você sabe que é a primeira maravilha. 

E quando isto lhe acontecer você saberá o jeitinho que ela gosta do café. Vai saber o que ela gosta de ler, passará a conhecer sua banda favorita e se pegará cantando um trecho dela. Conhecerá seus defeitos de perto, e suas qualidades puras também. E dai enxergará que você também possui defeitos e qualidades, assim como ela. E defeitos ou qualidades, a mais ou a menos, não farão diferença alguma. Alguma. 











Essas fotografias nada tem a ver com boas fotografias. Feitas em Bray (Dublin), em um rolê com amigos. Chegamos e resolvemos nos esticar na grama para usufruir da vista maravilhosa enquanto fazíamos um piquenique.

Sentamos perto desse banco e pude notar pessoas vindo e saindo. Apontando, sorrindo, fotografando, chamando outras pessoas para ver. Abraços, beijos e carinhos. Depois de fotografar o banco, pensei: Irei fotografar todas as pessoas que sentarem neste banco enquanto estivermos por aqui. E essas lindas pessoas, para minha honra, foram as que pude observar e fotografar.

"Cuide de quem corre do seu lado e quem te quer bem, essa é a coisa mais pura [...] 
Viver, viver e ser livre. Saber dar valor para as coisas mais simples. Só o amor constrói pontes indestrutíveis" CBJR.

You Might Also Like

4 Comentários

  1. Amei as Imagens - Muito legais, que pena que você foi embora de Dublin mais foi pra Sampa que é a maior cidade do Brasil !
    Beijoos,
    bonecadeetiqueta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que lindas essas fotos! Adorei hein!

    Beijo beijo

    ResponderExcluir
  3. que fotografias mais lindas *--* amei

    Beeeeijoos, ótima terça-feira :D
    Vou te contar makeup

    ResponderExcluir
  4. Lindão o texto viu! E ôh verdade boa... temos que demonstrar um ao outro o nosso amor, o nosso sentimento! Contrário do que muitas pessoas fazem "demonstrando" para outras pessoas! ;)
    Enfim, tô adorando cada vez mais teu blog!
    Bjãããão!
    ritacolatino.blogspot.com

    ResponderExcluir

FALA MEMO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Escrevo aqui também

Subscribe