Vou me jogar dessa cidade

11:35




Cada viagem que faço, para meu intimo, é surreal. Organizar tudo, arrumar malas, não poder esquecer. Mas ultimamente é o que mais desejo fazer. Esquecer. Deixar o passado como passado. Sem interferir em pensamentos, deixar cada coisa em seu devido lugar. Observo as pessoas nos aeroportos, nas marinas, na estrada, com seus olhos de saudade, olhos de esperança, mas os meus continuam os mesmos olhos observadores, confusos. Cada ida é uma viagem espiritual, vejo meus passos ao olhar para trás, o quanto que vivi da vida... Lugares, pessoas, momentos. Minha bagagem está vazia para recolher bons frutos por onde caminhar. Costumo cantarolar: Vou me jogar dessa cidade. Vou me jogar. Arriscar o que tiver pra arriscar, viver o que tiver que viver. Talvez eu volte um dia, e encontrarei pessoas que ficaram distantes, ou talvez elas tenham se perdido no tempo. Vou caminhar.

You Might Also Like

2 Comentários

FALA MEMO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Escrevo aqui também

Subscribe